terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Devocionais para o período de 22 a 29 de janeiro de 2017

Clique aqui para o arquivo usado na Leitura Diária das aulas
Clique aqui para o arquivo simplificado (só versículos)





Domingo, 22 de janeiro de 2017 - Deus protege - Salmos 3:3 (PDF)
Frequentemente nos deparamos com situações que nos afligem emocionalmente, fisicamente e espiritualmente, fazendo-nos tomar várias decisões precipitadas, mas o senhor nosso Deus nos ajuda a ter o discernimento para nos livrar do mal, tendo uma visão mais otimista, encorajadora e de confiança em Deus, como está no livro de Salmos 3:3: "Mas tu, o Senhor, me proteges como um escudo. Tu me dás a vitória e renovas a minha coragem."
= = = = = = = = = = =
Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2017 - Julgamento - Lucas 6:39;41 (PDF)
Quantas vezes culpamos os outros por algo que aconteceu em nossas vidas? Infelizmente é comum colocar a culpa no outro. Raramente o problema é nosso, sempre do outro. Não devemos julgar a vida de outra pessoa, não podemos apontar o pecado do outro e sim pedir para Deus tocar o coração, fazendo com que o arrependimento aconteça. Jesus disse em Lucas 6:37: “Não julguem, e vocês não serão julgados, não condenem e não serão condenados.” Nós, cristãos, não devemos esquecer que nossa vida é um evangelho, que deve ser seguido repleto de boas atitudes. Antes de julgarmos alguém ou alguma situação precisamos olhar dentro de nós mesmos e nos perguntar o que nos impede de estender nossas mãos para o próximo antes mesmo de julgá-lo. Como está escrito em Lucas 6:39 e 41: “Jesus disse-lhe a seguinte parábola: ‘Pode um cego guiar outro cego? Não cairão os dois no buraco? Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão e não se dá conta da trave que está no seu próprio olho?’”
= = = = = = = = = = =
Terça-feira, 24 de janeiro de 2017 - Como anda o seu coração? - Lucas 6:45b (PDF)
Durante a passagem de Jesus na terra, ele sempre se doou a todos que o buscavam. Suas falas cheias de ensinamentos devem sempre nos levar a uma profunda reflexão. Em Lucas 6:43-49, Jesus levanta a questão sobre os frutos que estamos produzindo, fazendo alusão a uma árvore e seus frutos. Ele diz: "A árvore boa não dá frutos ruins, assim como a árvore que não presta não pode dar frutas boas" Lucas 6:43 e no final do Versículo 45 ele termina dizendo: "Pois a boca fala do que o coração está cheio" Lucas 6:45b. Podemos refletir sobre como estamos vivendo a nossa vida. Estamos produzindo bons frutos, ou seja, estamos fazendo coisas boas? Estamos buscando o caminho do Senhor? Qual exemplo estamos deixando para o nosso próximo? Podemos refletir em atitudes, decisões, porém, como a última parte nos alerta, não bastam só atitudes; elas têm que condizer com o que está no nosso coração. Podemos até enganar as pessoas, fazendo coisas boas com o coração querendo o contrário, porém é impossível enganar a Deus. Muitas vezes conseguimos saber como está o nosso coração ouvindo o que falamos para os outros. Será que não estamos murmurando em vez de agradecer o dia que nos foi dado? Será que estamos enchendo-o de rancor em vez de doar perdão? Será que estamos deixando a palavra de Deus penetrar em nossos corações ou estamos só ouvindo? Jesus nos deixou algo muito maior que somente os ensinamentos ele nos deixou o exemplo de um coração completamente dedicado a obra do Senhor e o que ele quer que façamos é sermos seus imitadores. Deixemos os ensinamentos de Cristo transbordar os nossos corações para assim mais pessoas terem acesso a essa maravilha que é estar unido com Cristo Jesus.
= = = = = = = = = = =
Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2017 – Onde está firmada a sua Fé? - Lucas 7:6b-7 (PDF)
Você já parou para pensar onde a sua Fé está firmada? Em Lucas 7:1-10 encontramos a história de um oficial romano que estava com um empregado doente. O oficial romano não era judeu; entretanto, ele tinha mais fé que os próprios judeus. Ele sabia que, como um subordinado, ele estava debaixo de autoridade. Ele reconhecia que Jesus Cristo era Deus com autoridade espiritual e que tinha poder para fazer seu empregado ficar bom. O oficial romano tinha fé no poder de Deus para curar. No versículo 6 e 7 o oficial manda dizer para Jesus: “Senhor, não se incomode, pois eu não mereço que entre na minha casa. E acho também que não mereço a honra de falar pessoalmente com o senhor. Dê somente uma ordem, e o meu empregado ficará bom”. Ele sabia que bastava somente Jesus dar “uma ordem” da onde ele estivesse e seu empregado ficaria curado. Jesus ficou muito admirado ao saber disso, então ele se dirigiu a multidão e disse: “Eu afirmo a vocês que nunca vi tanta fé, nem mesmo entre o povo de Israel!” Então os amigos do oficial voltaram para a casa dele e encontraram o empregado curado” (v.9-10). A fé do oficial romano serviu como modelo de um tipo de fé em Deus que realiza milagres, porque ela está fundamentada na fidelidade do próprio Deus com sua Palavra e na sua bondade com aqueles que o servem.
Baseado na Bíblia de Estudo Plenitude para Jovens.
= = = = = = = = = = =
Quinta-feira, 26 de janeiro de 2017 – Fé - Lucas 7:16 (PDF)
Aprendemos a viver pela fé quando conhecemos melhor a Deus. Nada é impossível quando se tem fé, quando descansamos na presença do Senhor e quando verdadeiramente deixamos que Ele aja sobre nossas vidas. Isso é uma experiência de fato transformadora, e Cristo que nos transformar e quer cuidar de nós. Porém, precisamos deixar o que temos nas Mãos de Dele.
A bíblia diz: "Todos ficaram cheios de temor e louvavam a Deus. Um grande profeta se levantou dentre nós, diziam eles. Deus interveio em favor do seu povo." Lucas 7:16.
= = = = = = = = = = =
Sexta-feira, 27 de janeiro de 2017 – Feliz quem crê em Jesus - Lucas 7:23 (PDF)
Logo após João Batista ser preso por Herodes, ele começa a duvidar de que Jesus era o messias. A sua fé estava abalada e, por estar abalada, João Batista chama dois de seus discípulos e diz para eles irem até Jesus e perguntarem se ele é aquele que ia chegar ou se deveriam esperar por outro. ‘Então eles foram até o lugar onde Jesus estava e disseram: “João Batista nos mandou perguntar o seguinte: o senhor é aquele que ia chegar ou devemos esperar outro? ”’ Lucas 7:20
Jesus começou a curar muitas pessoas das suas doenças e dos seus sofrimentos, além de expulsar os espíritos malignos. E Jesus, após fazer isso tudo, menciona sobre aqueles que realmente não duvidam que Ele é o nosso Senhor e Salvador, o Rei dos Reis, dizendo “E felizes são as pessoas que não duvidam de mim!” Lucas 7:23
­= = = = = = = = = = =
Sábado, 28 de janeiro de 2017 - Conselho de Deus - Lucas 7:30 (PDF)
João é muito mais do que um profeta. Foi ele o único profeta que não apenas anunciou o Messias como testemunhou a sua presença no meio dos homens. É ele o mensageiro que foi enviado à frente do Messias e preparou o seu caminho. Mas o maior dentre os nascidos de mulher é menor do que os que pertencem ao Reino de Deus. João, como todos os profetas do Antigo Testamento, anuncia a salvação que deverá acontecer com a vinda do Messias, mas quem pertence ao Reino de Deus não vive a promessa, mas a realidade da salvação messiânica, e testemunha esta salvação já realizada para todas as pessoas. (http://www.franciscanos.org.br/?p=9243)
Jesus, sendo Filho de Deus, não precisava se sujeitar a qualquer regra humana; ainda assim, fez questão de seguir todas as leis da época. Fez questão, inclusive, se ser batizado por João Batista, que disse que não era digno nem de desamarrar as sandálias daquele que viria para batizar a todos com o Espírito Santo, já que ele batizava apenas com água e vinha para anunciar a vinda do Messias. "Mas os fariseus e os doutores da lei rejeitaram o conselho de Deus contra si mesmos, não tendo sido batizados por ele" Lucas 7:30.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Devocionais para o período de 15 a 21 de janeiro de 2017

Clique aqui para o arquivo usado na Leitura Diária das aulas
Clique aqui para o arquivo simplificado (só versículos)




Domingo, 15 de Janeiro de 2017 – Exame de Consciência - Salmos 4:4 (PDF)

Nosso dia-a-dia é cheio de situações confusas e estressantes que muitas vezes nos fazem pecar mas, em meio a essas situações, existe um Deus que não falha, que nos ajuda a encontrar soluções para essas situações embaraçosas. Essas situações são facilmente contornadas através da sabedoria que Deus nos dá, onde cada situação vivida nos traz uma reflexão, podendo ser melhor trabalhada em uma outra situação parecida. A Bíblia diz: "Tremam de medo e parem de pecar. Sozinhos e quietos nos seus quartos, examinem a sua própria consciência." Salmos 4:4

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

Segunda-feira, 16 de janeiro de 2017 - Chance de Arrependimento - Lucas 5:31-32 (PDF)

De forma diferente do que pensamos e analisamos, Jesus nos ensina que "não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes". Todos nós somos pecadores, mas Jesus, através do Espírito Santo que habita em nós, dá chance de nos arrependermos de nossos pecados. Certamente não convidaríamos uma pessoa desonesta para jantar em nossa casa, provavelmente diríamos não. Ou, se um amigo próximo revelasse que é ladrão e traidor, ficaríamos envergonhados com tal situação. Isso mostra como somos falhos, que julgamos pela aparência ou pela influência de alguma outra pessoa. Jesus não faz distinção das pessoas, como quando diz: "Eu não vim para chamar os justos, mas sim os pecadores ao arrependimento" Lucas 5:32.

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

Terça-feira, 17 de janeiro de 2017 – Ano Novo, Velhos hábitos - Lucas 5:36 (PDF)

É natural e importante refletir no que se quer mudar para o ano que está começando, os planos que queremos realizar, desejos que não se cumpriram no ano anterior e nos quais se pretende investir novamente no ano que está começando. São muitos os projetos, desejos, objetivos etc. Porém, se continuarmos a ser os mesmos do ano anterior, é muito provável que essas mudanças, desejos e projetos tenham o mesmo resultado do ano passado. Precisamos ter consciência da necessidade de mudança interior para podermos alcançar mudanças exteriores. Com a vida espiritual funciona da mesma forma: não adianta querer que Deus aja em nossa vida se continuamos a sermos os mesmos, com as mesmas atitudes que desagradam a Deus como fofocas, julgamentos, inveja, reclamações de tudo e de todos, entre outras coisas que geralmente fazemos e nem nos damos conta. Deus não aprova essas atitudes. Ele quer uma mudança no nosso ser, mudança de vida onde ele possa agir e nos usar de acordo com a Sua vontade. Jesus diz: - "Ninguém corta um pedaço de roupa nova para remendar uma roupa velha. Se alguém fizer isso, estraga a roupa nova, e o pedaço de pano novo não combina com a roupa velha" Lucas 5:36. Não adiantar querermos a boa nova de Jesus e continuarmos com os mesmos "velhos" modos de vida. Não combina! Precisamos abrir mão das roupas velhas às quais teimamos em nos apegar e vestir as roupas novas que Jesus nos deu quando se entregou por nós na Cruz. Todos os dias temos essa chance de vestir as roupas novas. Aceitar ou continuar como roupas velhas só depende de nós.

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017 - Pensamentos - Lucas 2:34-35a (PDF)

A palavra penetrante de Deus pode ir ao mais profundo do nosso ser e revelar os nossos pensamentos mais íntimos. Em Lucas 2:34:35a diz que Simeão diz a Maria, a mãe de Jesus: “Este menino foi escolhido por Deus tanto para a destruição como para a salvação de muita gente em Israel. Ele vai ser um sinal de Deus; muitas pessoas falarão contra ele, e assim os pensamentos secretos delas serão conhecidos”.

Mediante a aceitação ou rejeição de Cristo, os verdadeiros pensamentos do coração de alguém em relação a si mesmo e a Deus tornam-se claros. Se uma pessoa rejeita a Cristo permanentemente, mostrou que os seus pensamentos são maus e que ela ama a escuridão mais do que a luz. Assim como diz em João 3:19 “E é assim que o julgamento é feito: Deus mandou a luz ao mundo, mas as pessoas preferiram a escuridão porque fazem o que é mau”.

Tirado de Bíblia de Estudo Plenitude para Jovens.

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

Quinta-feira, 19 de janeiro de 2017 - Momentos Preciosos - Lucas 6:12 (PDF)

Jesus é um grande incentivador em fazer boas escolhas e mais uma vez ele expressa o quanto é edificador passar um tempo orando, agradecendo e buscando sempre uma intimidade com o nosso Deus. Jesus sempre estava orando e pedindo aconselhamento e é tão admirável quando passamos fazer isso com o nosso próximo, crescendo em união e plantando a semente no coração de todos, sabemos que o nosso Deus transbordará de alegria.

A bíblia diz: "Num daqueles dias, Jesus saiu para o monte a fim de orar, e passou a noite orando a Deus" Lucas 6:12.

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

Sexta-feira, dia 20 de janeiro de 2017 – Recompensa - Lucas 6:23 (PDF)

O Filho de Deus, falou aos seus discípulos sobre as bênçãos sobre aqueles que passam por dificuldades, por largarem tudo, para seguir o que Jesus ensinou. Com isso temos uma passagem na qual Jesus profetiza para seus discípulos, “Felizes são vocês, os pobres, pois o Reino de Deus é de vocês.” Lucas 6:20

Através dessa passagem, podemos aprender que, não importa se você tem coisas para te satisfazer neste mundo, sejam elas alimentos, carros, dinheiro ou status, o que realmente importa é se você segue aquilo que Jesus ensinou. Pois sabemos que vivemos em um mundo passageiro e que não levaremos nada. Por isso não se importe com o que os outros irão achar a respeito do que você pensa e faz, lembre-se o que Jesus disse “Fiquem felizes e muito alegres quando isso acontecer, pois uma grande recompensa está guardada no céu para vocês” Lucas 6:23.

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = =

Sábado, 21 de janeiro de 2017 - Ame seus inimigos - Lucas 6:35 (PDF)

Jesus nos ofereceu, além da salvação, a missão de mudar o mundo. Não podemos continuar apenas reagindo, como se fôssemos animais. Para sermos realmente cristãos, isto é, seguidores de Jesus Cristo, devemos fazer mais do que o mínimo. Devemos retribuir o mal com misericórdia e perdão. Fazer o que é certo só quando é o mais fácil, quando convém, não é ser cristão. Precisamos fazer o que Jesus faria, mesmo (principalmente) quando é difícil. Ele diz: "Amai, pois, a vossos inimigos, e fazei bem, e emprestai, sem nada esperardes, e será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo; porque ele é benigno até para com os ingratos e maus" Lucas 6:35.